O ultimo domingo foi festejado mais um Dia do Trabalhador pelo país afora e claro, diversas cidades pelo país afora festejou a data com corridas de rua. E em Pernambuco não foi diferente, com três provas realizadas. No sertão do Araripe, os corredores sertanejos participaram da Corrida do Trabalhador de Araripina. Já na Zona da Mata Norte, os corredores locais participaram da Corrida dos Advogados da Mata Norte. No Recife, os corredores da Região Metropolitana e cidades vizinhas participaram da Corrida e Caminhada SESI do Dia do Trabalhador. E claro, nós estávamos lá!

Com largada no Cais da Alfândega às 7 horas, os amantes do pedestrianismo contaram a favor com o clima nublado e ameaçando uma chuvinha que veio algumas horas depois do fim da prova. A novidade neste ano foi o percurso da prova, que teve algumas alterações pontuais comparadas com a primeira edição da prova, realizada no ano passado. Os corredores e caminhantes no percuros de 5 quilômetro realizou parte do trajeto na orla do Cais José Estelita, onde geralmente na maioria das provas apenas os corredores dos 10 km frequentam. A mudança fez com que a prova chegasse aos 6km de prova. Já no percurso dos 10km, a única mudança mesmo foi o acesso a passagem por dentro das ruas Recife Antigo ao invés da Avenida Martins de Barros.

No mais, tudo foi dentro do esperado: a hidratação foi colocada em pontos estratégicos e a água sempre gelada. Algo fundamental para provas em um clima quente e húmido como é geralmente sentido nas provas do Grande Recife. O horário da largada realizada às 7 horas também contribuiu bastante para que os corredores acostumados aos treinos noturnos não sofressem com o calor do inicio de manhã. Ao final da prova, mais água, isotônico e a distribuição de suco verde, feito a base de couve, maracujá e limão.

O ponto negativo a ser citado foi um problema que felizmente não enfrentamos e que deixou alguns corredores chateados: a indisponibilidade de tamanho de camisetas conforme informando no ato da inscrição. É certo que as organizações costumam deixar claro em seus regulamentos que a camiseta é um brinde sujeito a disponibilidade, mas com certeza é um item de desejo da maioria dos corredores. Um ponto a ser revisto pra próxima edição.

Outro ponto negativo, mas que foge da esfera dos organizadores do evento é novamente a segurança pública. Virou algo rotineiro no Recife os corredores voltarem da corrida e se deparar com seus carros arrombados. E até mesmo em locais com monitoramento de câmeras de segurança, como é o Recife Antigo. Fim de semana vai e fim de semana vem e estes casos são cada vez mais recorrentes e relatados pelos corredores. Algo lamentável.

O resultado da corrida de rua pode ser visto, clicando AQUI.

[Best_Wordpress_Gallery id=”5″ gal_title=”2ª Corrida SESI Dia do Trabalhador”]

Artigo anteriorIV Porto X-Treme: Saiba como foi…
Próximo artigoCircuito Caixa retorna ao Recife pelo sexto ano consecutivo
O espaço do corredor pernambucano. Pernambuco Running: Todas as corridas de Pernambuco em um só lugar. 😊🏃💨 #perunning

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui