Sol, chuva e mormaço… assim foi o domingo dos pais com mais uma edição da etapa Recife do Circuito Caixa. Com largada no Forte do Brum, os corredores pernambucanos e de estados vizinhos fizeram aquela corridinha marota antes de ir dar aquele abraço nos pais, participando das provas com percursos de 5 e 10 quilômetros…

O Circuito da Caixa é muito mais que um prova de rua, ela é, chamemos assim, o “Campeonato Brasileiro” das corridas de rua. Todo o ranking de corrida de rua o Brasil é feito pelo circuito que, além do Recife, passa por capitais como São Paulo, Fortaleza, Porto Alegre, Belo Horizonte, entre outras. E no Forte do Brum, o nosso estado pôde reunir atletas nacionais e internacionais em busca de pontuação no ranking. Já para nós, réles mortais, o que nos interessava mesmo era correr e confraternizar junto com os amigos!

O percurso já é bastante conhecido pela maioria dos corredores… largada no Forte do Brum, fazendo a passagem pelo Cais do Apolo rumo ao Cais da Alfândega. Quem estava inscrito nos 10 quilômetros atravessou a Ponte Giratória com destino ao Cais José Estelita, já para a turma dos 5 quilômetros, foram para o Cais de Santa Rita com destino a Praça do Palácio do Campo das Princesas, cortando toda a Rua da Aurora para retornar ao Forte do Brum pela Ponte do Limoeiro.

Como este é o principal percurso de corrida na capital e esta é mais uma corrida voltada para elite a gente não vai nem reclamar, mas ainda achamos que o melhor local para largada neste circuito seria o Marco Zero, local mais central e próximo das principais estações, terminais e paradas de ônibus pra quem vem do subúrbio, e sem contar que que o estacionamento “público” da Prefeitura segue vetado para o uso dos corredores. Algo lamentável. No mais, o percurso estava bem aferido, com água gelada à disposição dos corredores e com sinalização a cada quilômetro de prova e também para identificar quantos metros faltava para chegar no ponto de hidratação. A prova foi muito bem servida de estrutura e o clima nublado ajudou bastante o desempenho de todos na corrida. Com o sol tímido sem querer aparecer, a chuva deu as caras para alegria de muitos que buscavam melhorar seus RPs.

[Best_Wordpress_Gallery id=”88″ gal_title=”Circuito Caixa 2017 – Etapa Recife”]

Na arena, muita diversão por conta do locutor da prova e os corredores fazendo aquela confraternização na tenda de seus grupos ou assessorias… O único ponto polêmico foi um banner enorme do organizadores da prova (HTSports) fazendo campanha contra os “pipocas” e que já é comum de ser vista nas grandes provas organizadas no sul e sudeste do país, mas pelo menos aqui em Pernambuco isso foi algo inédito, onde até então no máximo era realizado o bloqueio dos não-inscritos na passagem do pórtico. Teve corredor inscrito que repudiou como também teve quem apoiou. A verdade é que os dois lados tem sua razão e vale o debate e a discussão sobre o tema.

Após a prova, a entrega do kit finish, junto com a belíssima medalha coroaram mais uma etapa do Circuito Caixa no Recife.  E vocês participaram também? Conta ai pra gente do que achou! Se você também participou, compartilhe com a gente a sua opinião aí nos comentários dê a sua nota no campo “votação do leitor”!

Artigo anteriorPower34 Duathlon acontece em outubro na Via Mangue
Próximo artigoCircuito SEST SENAT retorna as ruas do Recife em setembro
O espaço do corredor pernambucano. Pernambuco Running: Todas as corridas de Pernambuco em um só lugar. 😊🏃💨 #perunning

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui