Domingo os corredores do Recife e região metropolitana foram prestigiar a primeira edição da GO Running, corrida de rua que debutava no calendário de rua em Pernambuco e trazia um leque de novidades que ia bem além do kit do corredor. O percurso já era bem conhecido pela turma, mas até nisso a turma conseguiu o que parecia impossível: dar a largada em uma corrida de rua oficial de 5 ou 10 quilômetros antes das 7 horas.

Talvez o único ponto a ser corrigido seja apenas a hidratação, que pecou nos primeiros dois postos para os corredores mais lentos, no entanto, podemos dizer que boa parte do que foi proposto foi oferecido, mostrando que com um pouco de vontade e criatividade, as corridas dentro do Recife Antigo pode sair um pouco da mesmice, oferecendo vários outros atrativos ao corredor que não seja apenas uma medalha e um kit de corrida.

Com concentração iniciando no Cais da Alfândega, a largada aconteceu às 6h30 e, apesar do traçado ser o mesmo da maioria das provas oficiais que utilizam o Recife Antigo, o trajeto foi totalmente diferente da maioria das provas praticadas. Ao invés da turma correr sentido Cais Estelita ou cortando o Cais de Santa Rita em busca da Rua da Aurora, os corredores largaram e cortaram a esquerda, passando pelo Marco Zero até a Ponte do Limoeiro, com o percurso todo sinalizado, quilômetro a quilômetro. O calor, como não poderia deixar de ser, estava bem presente e é indiscutível e, mesmo largando às 6h30, sol já dava as caras. Queira ou não, este é o nosso clima e mesmo que a maioria faça seus treinos em horários mais agradável e menos desgastante.

Uma iniciativa que teve adesão dos corredores, uma boa premiação em dinheiro para os corredores de elite, item que atrai uma briga interessante entre os primeiros colocados, tanto que teve corredor que terminou os 5 quilômetros de prova em menos de 13 minutos! Para os corredores “normais”, o kit foi bastante bacana, com uma camisa com um tecido bem diferente e confortável se comparado com a maiorias das outras corridas. Além disso, para a mulherada ou para os marmanjos metrossexuais ? uma cortesia de depilação no valor de mil reais!

[Best_Wordpress_Gallery id=”270″ gal_title=”GO Running 2018″]

Terminando a corrida era hora de enfrentar as filas, tinha fila para pegar a medalha junto com a a entrega do Kit finisher… e claro, também tinha fila para tirar foto com a modelo Dani Bolina, uma das atrações da GO Running. A medalha também estava bacana, com o Marco Zero como destaque da medalha de participação. Aos que ficaram até o fim, também participaram de uma aula de zumba e puderam aproveitar um pouco da feira fitness, mais uma das novidades que os organizadores da GO Running anunciaram. No geral foi uma prova bacana de participar e a gente torce para que ela retorne ao calendário em 2019.

Quer saber de mais corridas em Pernambuco? Você confere em nosso calendário de provas, clicando AQUI! Se você também participou da GO Running, compartilhe aqui a sua opinião nos comentários e dê a sua nota no campo “votação do leitor”! E durante a semana teremos mais um vídeo mostrando como foi a corrida lá em nosso canal do Youtube! Ainda não tá inscrito? Inscreva-se e veja o vídeo desta e de outras corridas clicando AQUI!


Artigo anteriorCorrida das Mães chega a sua segunda edição em Garanhuns
Próximo artigoOlinda recebe mais uma meia maratona em maio
O espaço do corredor pernambucano. Pernambuco Running: Todas as corridas de Pernambuco em um só lugar. 😊🏃💨 #perunning

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui