Correr pode ajudar você a se livrar da ressaca?

0
695

Para aqueles que apreciam uma bebida de vez em quando, possivelmente já tiveram aquela experiência em que acaba exagerando um pouco e, no dia seguinte, acaba não se sentindo tão bem como deveria. No entanto, você também pode ter ouvido os rumores de que correr é uma panacéia para essa aflição – transpirar. Mas, correr de ressaca ameniza os sintomas ou corre o risco de piorar?

O que causa uma ressaca?

Respondendo de maneira bem simplista, beber é claro! A ressaca nada mais é o que acontece depois que se bebe álcool um pouquinho além. E naturalmente, é provável que na manhã seguinte à noite anterior você se sinta cansado, desidratado, doente e com dor de cabeça. E isso, tem explicação.

O álcool afeta o corpo humano de várias maneiras, e nem todas levam a esse prazer agradável e social. Por outro lado, a maioria não é tão legal assim.  O álcool que bebemos é composto de etanol, um composto químico que dá aquela sensação de embriaguez; e uma das primeiras coisas que ele faz com o seu corpo é fazer com que você precise ir ao banheiro com mais frequência. Esse é o efeito diurético que o deixa desidratado. Mas infelizmente isso não é tudo.

Sistema imunológico comprometido

Beber também provoca uma resposta do seu sistema imunológico e o torna mais suscetível a doenças. Também expande os vasos sanguíneos, causando aquelas dores de cabeça incômodas depois de beber. A sensação de mal-estar no estômago nada mais é que a forma como o álcool passa pelo seu sistema. Irrita o revestimento do estômago e afeta o nível de micróbios no intestino.

Por último, mas não menos importante, em nossa lista, o álcool causa uma queda no açúcar no sangue. Através da bebida alcoólica, os níveis de açúcar no sangue podem aumentar à medida que o corpo se esforça para eliminar as toxinas do sistema. Por sua vez, isso afeta a eficácia da produção de insulina, o que significa que, posteriormente, é provável que você experimente baixo nível de açúcar no sangue, o que resulta em cansaço e irritabilidade.

Tudo isso combinado origina a ressaca. E quanto mais você bebe, pior vai ficar. Dizer que geralmente é considerado bom entrar em um ou dois copos de vez em quando, mas mantenha-o no mínimo e você ainda se sentirá pronto para ir no dia seguinte.

Correr ajuda na ressaca?

Como um fanático por exercícios, você provavelmente já ouviu falar que correr de ressaca é uma ótima maneira de suar as toxinas e colocar seu corpo de volta nos trilhos. Se você chegou até aqui para descobrir isso saiba que se você está com uma ressaca total, calçar seus tênis de corrida e sair para correr não vai ajudar. Na verdade o que você precisa fazer é descansar, hidratar e se recuperar.

Entretanto, se você tiver apenas uma leve ressaca – grogue, mas não enjoado – você pode considerar continuar sua rotina de exercícios, mas com cautela. Para isso, você precisa?

  • Hidrate-se: Como dissemos antes, uma das primeiras coisas que o álcool faz é desidratar seu corpo, então sua primeira ação antes mesmo de pensar nessa corrida é beber um pouco de água.
  • Tome um café da manhã nutritivo: Depois de uma noite de bebedeira, é hora de recuperar o equilíbrio do corpo; gorduras e carboidratos saudáveis ​​​​o ajudarão a se sentir mais como você mesmo em pouco tempo. Concentre-se em comer ovos cozidos, abacate ou pratos saborosos de mingau para obter a energia necessária para sua corrida.
  • Vá com calma: Embora nenhum maratonista sonhe em aparecer com uma ressaca, não podemos dizer isso o suficiente – vá com calma! Mesmo que sua dor de cabeça na manhã seguinte não seja tão ruim, faça uma pausa e reduza a intensidade de sua corrida, pelo menos por um dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui