Pegar a estrada para correr, reencontrar uma turma bacana e poder correr em prova a sua distância favorita! Tem como o fim de semana não ser arretado? Resumidamente, foi tudo isso o que aconteceu na terceira edição da Corrida Contra Corrupção, em Cabedelo, cidade localizada a 18 km de João Pessoa.

O sofrimento dos corredores com os adiamentos sucessivos de provas ao longo de 2020 não foi uma particularidade dos pernambucanos e a prova disso foi a Corrida Contra Corrupção. Inicialmente prevista para março em João Pessoa, a corrida promovida pela Associação dos Delegados da Polícia Federal na Paraíba até tentou entregar à prova no dia 20 de dezembro, mudando inclusive o local da largada para Cabedelo, mas por uma ordem do Ministério Publico da Paraíba, acabou adiando por tempo indeterminado, até que pudesse de fato entregar a prova, com certeza e segurança. E isso só foi possível com o avanço da vacinação e seguindo os protocolos de segurança.

Com a largada acontecendo de forma escalonada, o primeiro pelotão a largar aconteceu às 5h30, apenas com os homens inscritos nos 21 km. Cada pelotão teve sua largada separada em pelo menos 10 minutos e passando por um funil de checagem de temperatura e higienização das mãos.

Largada dada, pernas pra que te quero!

E que percurso, viu? Desafiador, sobretudo para quem não tem costume de treinar fora do asfalto. Ao longo dos 21 km a prova passou por areia da praia, rua de calçamento de paralelepípedo e terra batida. E para deixar tudo “mais fácil”, aquele vento típico da “primavera nordestina”, buscando empurrar o corredor contra o retorno e uma chuvinha rápida para dar aquela pitada a mais de desafio!

Mas diante de tudo isso, a organização da prova cumpriu o seu papel e entregou uma prova bacana, com tudo redondinho. Para os corredores que se dispuseram a participar da meia maratona, no retorno foram hidratados com água mineral e água de côco em saquinho, além de uma esponja para aliviar o calor da prova (que pelo menos para este que escreve, não estava lá tão quente assim). E para quem participou da prova de 5 e 10 km, contou com som ao vivo, já no primeiro ponto de hidratação, na parte da areia da praia.

Mas o bom sempre é o pós-prova né?

Uma das coisas mais bacanas foi a concentração dos corredores dentro do Forte de Santa Catarina, pois além do local ser bastante arejado, só entrava no forte quem estava inscrito e passava novamente por aferição da temperatura. E claro, o uso obrigatório de máscara.

Antes da premiação, som ao vivo rolando e muita hidratação rolando com água mineral, suco, isotônico e café. A Corrida Contra Corrupção foi por sinal a primeira grande corrida na Grande João Pessoa, após o evento teste realizado no dia 8 de agosto. Foram 1500 corredores inscritos, além da corrida kids, que contou com pelo menos 100 crianças em um minicircuito montado dentro da Fortaleza Santa Catarina.

Aqui, cada um orgulhoso com suas conquistas: a Sandra Nunes com seu troféu de campeã nos 10 km, eu com minha medalhinha (com direito a um Sub-2 copeiro) e o Sergio Rocha do Canal Corrida no Ar com sua cerveja! Foi massa demais!

Resultados, coberturas e fotos oficiais:

O resultado da prova já pode ser conferido no site da TRCRONO, responsável pela coordenação e cronometragem da 3ª Corrida Contra Corrupção. Já a cobertura fotográfica do evento pode ser visto através dos sites Foco Radical e Fotop.

E claro, durante a semana em nosso canal no YouTube você confere com detalhes como foi a nossa participação na corrida. Já faz sua inscrição, clicando aqui.

Artigo anteriorCorridas de rua autorizadas em Pernambuco
Próximo artigoCom meia maratona, Eu Amo Recife abre inscrições em sua oitava edição
O espaço do corredor pernambucano. Pernambuco Running: Todas as corridas de Pernambuco em um só lugar. 😊🏃💨 #perunning

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui