Corrida dos Morros atrai milhares de corredores para a Zona Norte do Recife

Um marco na cidade, o evento uniu superação, inclusão e alegria, consolidando-se como um evento marcante para a cidade. O evento é uma iniciativa da Agência Prensa em parceria com a Central Única das Favelas (CUFA), contou com o apoio da Prefeitura do Recife (PCR).

0
209
corrida dos morros do recife

A 1ª Corrida dos Morros, que agitou a Zona Norte neste sábado (25), foi um verdadeiro sucesso, reunindo cerca de duas mil pessoas para enfrentar percursos desafiadores pelos morros da cidade. Além de promover a prática esportiva, o evento impulsionou o comércio local e destacou-se pela sua importância social.

O Secretário Executivo de Esporte e Lazer do Recife, Gabriel Perrusi, ressaltou a integração das áreas planas com as de morro, proporcionando protagonismo às comunidades locais. “A importância é integrar a área plana com a área de morro; mais de 70% da cidade do Recife fica em territórios de morros. Quando trazemos um evento aqui, dando protagonismo para as pessoas do Morro da Conceição, Alto do José Bonifácio, Córrego do Euclides, estamos transformando a cidade, tornando-a mais democrática e menos desigual.”

Perrusi ainda ressaltou o papel fundamental do esporte como ferramenta para promover a inclusão social e reduzir as desigualdades. “O esporte é uma ferramenta fundamental para isso; a importância é essa, e o prazer é enorme em estar correndo, se divertindo e reunindo um bocado de gente para praticar esporte e vivenciar a cultura.”

Com percursos de 1,6 km, 3 km e 5 km, a corrida ofereceu uma experiência única aos participantes, contando com uma equipe dedicada para garantir a hidratação ao longo do trajeto. A aposentada Maria Clara, moradora da Zona Sul do Recife e recém-curada de um câncer, emocionou a todos percorrendo 3 km em uma celebração de gratidão e superação. “Foi uma forma de agradecer. Aqui foi um dia de muita positividade, muita fé, muita perseverança e outro desafio na minha vida, feliz!”, afirmou ela.

Além da intensidade esportiva, a corrida transformou-se em uma festa para todos, com a presença envolvente do DJ Kopper e o ritmo contagiante do Samba com Taiguara Borges. A ênfase social do evento ficou evidente com a contratação de profissionais das comunidades envolvidas.

corrida dos morros do recife

Solidariedade desde a entrega dos kits

A solidariedade esteve presente desde a retirada dos kits, onde os participantes contribuíram doando um quilo de alimento, quantia que será dobrada pelo Instituto Assaí para a entrega à Central Única das Favelas (CUFA). Além disso, a Esportes da Sorte fez a doação de 30 pares de tênis de corrida, além de 350 camisas para múltiplas práticas esportivas. Houve também uma largada exclusiva dedicada às crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e pessoas com deficiência, uma iniciativa do Instituto do Autismo, acompanhada da isenção de inscrições para a CUFA e grupos especiais.

Segundo a presidente estadual da CUFA de Pernambuco, Altamiza Melo, essa iniciativa visa não apenas promover o esporte, mas também criar oportunidades para o desenvolvimento e a inclusão nas comunidades locais. “Estaremos distribuindo tênis de corrida e camisas esportivas para estimular a prática esportiva dentro das favelas do Recife de uma maneira geral”, afirmou.

A 1ª Corrida dos Morros é uma iniciativa da Agência Prensa em parceria com a Central Única das Favelas (CUFA), contou com o apoio da Prefeitura do Recife (PCR) e teve o patrocínio da Esportes da Sorte e do Assai Atacadista.

Fotos: Herick Marques / Sérgio Arruda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui