Largada dos 5 mil metros, no Campeonato Pernambucano de Atletismo | Washington Vaz

A cada quatro anos somos convidados a torcer por nossos atletas brasileiros em todas as modalidades. Em Tóquio, os atletas brasileiros apresentaram o melhor desempenho do país em Olimpíadas, com 21 medalhas conquistadas.

O feito inédito foi reverenciado por todos, que exaltaram os atletas pela superação e, principalmente, pelo desafio diante da falta de fomento ao esporte nacional e da pandemia de covid-19. Mas como fica esse apoio após os Jogos Olímpicos? E a nossa torcida? Fica realmente limitada apenas quando acontece o maior evento esportivo do planeta?

RELACIONADO: Você pensa no atletismo sem olimpíadas?
RELACIONADO: Quais os desafios para se tornar um atleta de elite?
RELACIONADO: Como é o sonho de viver uma Olimpíadas?

Neste episódio do Podcast Papo Corrida buscamos levantar os motivos aos quais ficamos devendo, mesmo sendo apaixonados por corridas. E claro, comentamos a nossa participação no Campeonato Pernambucano de Atletismo, que aconteceu entre os dias 20 e 22 de agosto, no Parque e Centro Esportivo Santos Dumont.

Ouça agora, ou quando puder, buscando por PAPO CORRIDA no SpotifyDeezerAmazon Music ou qualquer outro aplicativo agregador de podcast para IOS ou Android! Aproveita o embalo e segue a gente também no Instagram, no @papocorrida.

Artigo anteriorTJPE promove desafio virtual para celebrar 200 anos de criação
Próximo artigoPapo Running – Como sair bonito na foto de corrida?
O espaço do corredor pernambucano. Pernambuco Running: Todas as corridas de Pernambuco em um só lugar. 😊🏃💨 #perunning

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui