Papo sério: se sentir lindo enquanto corre é um direito de todos! Todo corredor quer sair bonito na foto de corrida, mas nem sempre consegue esse feito. Quando as fotos são publicadas no site ou chegam no e-mail…ai que horror! Boa notícia: tudo reversível.

Fizemos um episódio inteiro sobre isso no Papo Corrida porque não gostar da foto de um evento é comum. Acontece. O fotógrafo se esforça, viu? Falo com propriedade.

Postura sempre!

O primeiro passo para amar a sua foto é estar na postura correta. A foto não muda a realidade: você corre assim mesmo. Ombros para baixo, pernas tortas, braços esticados e cabeça de ladinho são defeitos da postura de corrida que, posteriormente, podem causar lesões.

Conserte a sua postura. O peito sempre deve estar para o alto (não necessariamente inflado) e a cabeça erguida. Do jeitinho que a elite faz. Se nunca reparou como você corre, a dica é pedir para um amigo gravar o vídeo.

Em primeiro momento é difícil se policiar para não entortar todo, mas com o tempo isso se torna natural. Se tiver treinador, melhor ainda: converse com ele sobre a sua postura.

Quanto mais velocidade melhor!

Sabe aqueles pezinhos flutuando no registro fotográfico? São velocidade. Uma acelerada rapidinha quando você avistar um fotógrafo na pista (ou aquele seu amigo com celular te esperando para o registro) já proporciona um leve vôo.

Se for rápido mesmo (aquele tiro poderoso ao avistar a chegada) você sai voando e os dois pés não tocam no chão.

Pose de corredor de elite

Essa sempre funciona, tá? A famosa “não tô nem ai para foto”, olhando para frente na concentração total mas ajustando postura do tronco e velocidade. O fotógrafo sabe que você está posando para ele, você finge que não sabe e tudo certo.

Erga os braços apenas ao longe

Braços abertos nem sempre é legal quando você está próximo demais do fotógrafo. Ele te enquadrou colocando corpo todo em foco e ai você, do nada abre e as mãos saem do ângulo. Eita… ai cortou os membros e perdeu a foto.

Faz isso uns 50 metros antes dele que dá certo. Pode fazer aviãozinho, pular, saltar e abrir aquele abraço, mas sempre com uma distância de ao menos umas três passadas.

Sozinho é melhor

Se a intenção é registrar-se com o amigo companheiro de prova, tudo bem. Contudo, passar em meio a um grupo de corredores impede uma foto bacana.

As dicas aqui são: ou aumentar um pouco a velocidade e ultrapassar a galera ou segurar a marcha para esperar um momento de ficar sozinho na cena. Passar por um fotógrafo em grupo aumenta as chances de cortes de uma das partes do corpo e alguém te ultrapassar e você ser coberto no registro.

Sorrisão e vaaii!

Se a postura estiver certa, é só sorrir e esperar o resultado depois para publicar no feed. E estampa aquele sorriso lindo no rosto que correr é bom demais!

Artigo anteriorExiste Atletismo fora das Olimpíadas… E Vale muito a pena acompanhar de perto!
Próximo artigoPapo Running – Porque não seguir a dica de tênis dos amigos?

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui