As trail run estão aumentando em nosso calendário. Nada mais justo, concorda? Afinal, o Brasil é um país repleto de áreas verdes lado a lado com o urbano. Logo, é de se esperar que organizadores, tentando escapar da “mesmice”, enveredassem para as trilhas.

Para o corredor de asfalto é uma migração bacana. Mas o que esperar? O que muda de uma corrida de asfalto para uma trilha?

Entendendo o termo

O básico a se saber é que trail run” vem do inglês que, em tradução livre, significa “corrida em trilha”. E por trilha entenda um caminho rudimentar com vegetação. Ou seja: sem asfalto.

Todas as corridas que não contém asfalto são trilhas? Se tiver vegetação, área verde e obstáculos naturais, sim. Elas podem ser de várias distâncias, indo desde 1 km se você quiser até as ultra maratonas.

Natureza de montão!

Uma trail run tem por obrigação ser realizada em uma área verde. Entenda por isso uma floresta, assim como um parque, uma reserva ou a mata pertinho da sua casa. O que vale é o contato com o verde e a imersão no meio natural.

E com isso você espera tudo o que a natureza pode oferecer sem a interferência do homem. Muitos associam trail à altimetria (elevação do terreno), e este é apenas m dos obstáculos. Temos barro (às vezes molhado), terra batida, árvores, galhos caídos, insetos, pequenas lagoas ou poças de lama só para sujar a roupa mesmo. Vale tudo!

Tem coisas que só a trail oferece

O contato direto com o verde, lindas paisagens sem a interferência do homem, sentir o cheiro do mato molhado e o ar puro são prazeres que atraem cada vez mais os trilheiros. Subir uma montanha vale a pena quando, lá de cima, você observa toda a cidade.

Os benefícios físicos você já conhece porque são os mesmos de uma corrida de rua, mas com um pouco mais de apreço. Você não disputará com os carros a via, não há riscos de ser atropelado.

Você encontrará animais descansando suavemente em suas casas, desde capivaras até macacos, a depender da região. Os lagos e rios em seu estado mais limpo porque estão longe de encanamentos e vale até um banho bacana.

E como toda corrida, cuidado sempre!

Como todo evento de corrida ou treino, partir para uma trilha exige cautela e, se possível, equipamento correto. Atenção ao tênis para não derrapar e sua hidratação que nem sempre há pontos de apoio.

Lembre que não dá para levar um banheiro químico para uma mata, mas toda ela é seu banheiro se você assim desejar. E se liga que há espinhos e podem arranhar e até perfurar o sapato. Levar consigo seu cinto ou mochila de hidratação e um kit de primeiros socorros sempre é importante.

Artigo anteriorEtapa Inverno do Circuito das Estações terá largada no Shopping Recife
Próximo artigoVai ter corrida, rock & cerveja nas 5 Milhas Night Rock!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui